Postagens

Mostrando postagens de Agosto, 2017

TESTE DE INTELIGÊNCIAS MÚLTIPLAS

Imagem
Talvez você conheça algum conceito de inteligência. E eu me refiro a um conceito, não a o conceito. Afinal, são muitas as pessoas interessadas em definir o que é e como funciona a inteligência humana. Por isso, mesmo no meio científico, não existe um conceito de inteligência, mas vários. E um deles é o conceito das inteligências múltiplas, proposto pelo psicólogo americano Howard Gardner - pesquisador, escritor e professor em Harvard e Boston.

Para Gardner, autor da teoria das Inteligências Múltiplas (IM) “Pensa-se melhor a mente humana como uma série de faculdades relativamente independentes, tendo relações apenas frouxas e não previsíveis umas com as outras, do que como uma máquina única para todas as coisas, com uma capacidade de desempenho constante, independente de conteúdo e contexto”. Para o pesquisador a inteligência é um potencial biopsicológico para processar informações que pode ser ativado num cenário cultural para solucionar problemas ou criar produtos que sejam valoriza…

MAPA MENTAL DE CITOLOGIA [8xSpeed]

Imagem
Acho que já ficou bem claro por aqui o quanto sou apaixonado por mapas mentais. Fiz um vídeo acelerado para compartilhar a produção desde o primeiro traço de um mapa mental que organiza informações sobre a célula animal, um tema frequente em biologia, na área de citologia.

QUANDO AS COISAS (NÃO) ACABAM

Imagem
Sabe aquela sensação de fechamento de um ciclo? Quando uma coisa acaba e você pode jogar tudo para o alto, livre de tudo? A minha geração fazia isso ao término do ensino médio na escola... tinha aquele ritual de jogar todo material escolar fora (porque nunca mais vou estudar matemática, pensei inocentemente). Eu mesmo lembro de ter jogado fora todos os meus cadernos de aula que me acompanharam ao longo do terceiro ano, logo após confirmar que eu tinha passado no vestibular (mas como sou bom moço, os livros e apostilas eu doei para uma entidade que ajudava comunidades carentes).

E tem gente da minha geração que fez isso quando acabou o ensino médio e depois também fez isso assim que terminou o período de graduação no ensino superior. E muitas dessas pessoas que acabaram seus estudos estão desempregadas até hoje... e esse é o ponto. Essas pessoas deram por encerrado seus processos de formação e acreditaram na ilusão de que estavam prontas. Mas não estavam prontas. Nem estão prontas. E …

ESTRUTURA COGNITIVA E APRENDIZAGEM

Imagem
Uma das coisas mais inspiradoras que estou fazendo atualmente é um mestrado na área de educação. Uma das disciplinas que estudei no primeiro semestre de atividades deste mestrado foi 'Teorias da Aprendizagem' que rendeu algumas boas anotações para escrever esta videoaula sobre a concepção de ESTRUTURA COGNITIVA e aprendizagem.


Esta concepção que apresento é uma perspectiva minha, das minhas leituras somadas aos apontamentos de três teóricos da educação e da aprendizagem - Jean Piaget, David Ausubel e Humberto Maturana. Das minhas leituras e das minhas percepções fiz esta videoaula abordando o tema em questão.


Como professor e mentor de aprendizagem acadêmica, utilizo esse tipo de exercício (a produção de videoaulas explicativas) como um recurso de estudo e aprendizagem, afinal, a MELHOR TÉCNICA DE APRENDIZAGEM ainda é o ato de ensinar alguém. O esforço cognitivo para explicar algo ou alguma coisa para outra pessoa serve como uma excelente estratégia de aprendizagem, acredite!

MAPAS MENTAIS SÃO TODOS IGUAIS?

Imagem
As anotações em forma de mapa podem ser muito variadas, tanto em sua formatação visual quanto em sua aplicabilidade. Você já deve ter ouvido falar sobre mapas mentais ou mapas conceituais e, talvez, já tenha ser perguntado se há alguma diferença entre eles. O mapa abaixo, por exemplo, é um mapa mental, de fato?

Então, esse aí em cima NÃO é um mapa mental, de fato. É que existem também outras formas de fazer anotações seguindo mais ou menos os mesmos princípios, sempre usando a perspectiva da ARQUITETURA COGNITIVA.

A PROCRASTINAÇÃO (DES)CONSTRUÍDA EM PEDAÇOS

Imagem
Procrastinar é deixar para depois o que você deveria estar fazendo agora. Isso você já sabe. E você também já sabe que isso acaba com qualquer rotina de estudos. Eu vou usar o WhatsApp para te explicar uma coisa rápida sobre como funciona a procrastinação e como você pode tentar lidar com ela de uma forma mais prática. Imagine você recebendo alguns áudios no seu WhatsApp...


Imagine que um contato seu mandou algumas mensagens e, no meio da conversa ele começou a gravar um áudio. Quando chega, você se depara com um áudio de 3 MINUTOS DE DURAÇÃO. Isso dói, não dói? Encarar um áudio de 3 minutos numa conversa de rotina muitas vezes é um saco e provavelmente você não vai querer ouvir.

O cérebro procrastinador vai sentir uma pequena angústia ao se deparar com um áudio de 3 minutos. Mas imagine que você recebesse o mesmo conteúdo em um áudio de 40 segundos, um outro de 1 minuto e 20 segundos e outro de mais ou menos 1 minuto. Mesmo totalizando os mesmos 3 minutos de áudios, entre uma mensag…